18 de fevereiro de 2021 - Fonte: G1 - Fotógrafo: Divulgação

Pelo menos quatro cidades decidiram regredir para a fase vermelha do Plano São Paulo por causa do aumento considerável de casos da doença.

Municípios do Oeste Paulista decidiram impor medidas mais restritivas para conter o avanço da Covid-19.

A medida foi necessária por causa do aumento considerável de casos da doença.

O endurecimento também se deve ao fato da ocupação de leitos na região.

Recuaram para a fase vermelha, por meio de decretos municipais:

Panorama - Monte Castelo - Tupi Paulista e Dracena

Na fase vermelha, há funcionamento normal de farmácias, mercados, padarias, lojas de conveniência, bancas de jornal, postos de combustíveis, lavanderias e hotelaria.

Já os comércios e serviços não essenciais só podem atender em esquema de retirada na porta, drive-thru e entregas por telefone ou aplicativos.

Também houve regressão em Irapuru, mas para a fase laranja.

Conforme a atualização feita pelo Governo do Estado de São Paulo no dia 5 de fevereiro, a região de Presidente Prudente está na fase amarela do Plano São Paulo; já a área de abrangência do Departamento Regional de Saúde (DRS) de Marília está na etapa laranja.

G1