13 de março de 2018 - Fonte: Folha Regional - Fotógrafo: Divulgação

A Polícia Militar prendeu uma mulher em mais uma de suas operações contra ilícitos praticados por visitantes do sistema carcerário na região.

Desta vez o alvo da operação foi a Penitenciária de Pacaembu – regime fechado onde a visitante foi identificada em atitude suspeita passando a demonstrar muito nervosismo durante os trabalhos dos policiais militares.

De acordo com a Polícia Militar, ela foi convidada a participar de entrevista em local reservado com policiais femininas e acabou confessando que portava em sua vagina um invólucro com 25 metros de fio elétrico.


A mulher o retirou e entregou às policiais espontaneamente sendo ouvida e conduzida até o plantão policial para prestar esclarecimentos.

Por tentar adentrar a unidade com objeto não permitido, a mulher foi exclusa do rol de visitas e proibida pelo período de dois anos de realizar visitas no sistema carcerário do Estado de São Paulo.

QUASE UM QUILO DE ENTORPECENTES E MAIS QUATRO MULHERES PRESAS

Esta mesma operação resultou ainda em quatro mulheres presas pelo crime de tráfico de entorpecentes também ao tentar adentrar a penitenciária com ilícitos.

Durante a abordagem das policiais femininas e buscas pessoais foram identificadas quatro visitantes que estavam com entorpecentes dentro do corpo e que tentariam coloca-los para dentro da unidade prisional, porém, acabaram presas pelo crime de tráfico.

Foram apreendidos na ação policial, 680 kg de cocaína e mais 245 kg de maconha que estavam armazenados em forma de invólucro.

A operação resultou na prisão de cinco pessoas e apreensão dos objetos que poderiam ser inseridos na penitenciária.

Fonte: Folha Regional