27 de março de 2021 - Fonte: G1 - Fotógrafo: Policia Civil/Cedida
Homem de 28 anos foi preso em flagrante em Dracena nesta sexta-feira (26)
Agentes encontraram na casa do suspeito, de 28 anos, a quantidade de R$ 13 mil em dinheiro, porções de maconha e haxixe, revólveres municiados e simulacros de pistolas.

A Polícia Civil prendeu em flagrante nesta sexta-feira (26), em Dracena (SP), um homem de 28 anos suspeito de envolvimento com os crimes de posse irregular de armas de fogo, tráfico de drogas e agiotagem (usura pecuniária).

Agentes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) já tinham a informação de que o suspeito estaria comercializando drogas em sua residência e de que tais entorpecentes eram recebidos por meio de correspondência postal, entregue pelos Correios.

Diante disso, os policias civis realizaram o monitoramento nas proximidades do imóvel, na região central da cidade, a fim de efetuar a abordagem no momento em que o investigado recebesse a encomenda.

Assim que a entrega aconteceu, os policias abordaram o morador da casa e, questionado sobre o que havia no interior daquela caixa, o homem confirmou ter comprado uma porção de haxixe.

Os policiais solicitaram ao suspeito autorização para que a embalagem fosse aberta e descobriram que, na encomenda, havia uma caixa de bombom dentro da qual tinha uma porção de haxixe.

Em busca no interior da residência do suspeito, os agentes encontraram no quarto dele, sobre um guarda-roupas, uma balança de precisão. Ainda no mesmo cômodo, mas em cima de um cofre, os policiais encontraram um revólver de calibre 32 e, no interior do cofre, foi localizado outro revólver, de calibre 38, ambos municiados. Foram realizadas pesquisas sobre as armas, indicando que nenhuma delas possui registro formalizado.

Ainda dentro do mesmo cofre, foram encontrados objetos, R$ 13 mil em dinheiro, cheques de diferentes emitentes, um tablete de maconha fracionado, outras embalagens com porções de maconha e haxixe, um par de algemas e munições intactas de calibres 32 e 38.

No quarto, ainda foram localizados e apreendidos dois simulacros de pistolas, dois coldres, um par de coronha de madeira para revólver, um kit de limpeza e um telefone celular.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito assumiu a propriedade de todos os objetos, armas, munições e drogas. Ele alegou que as drogas eram para consumo próprio e que os valores em dinheiro e cheques estariam relacionados à sua atividade de “agiotagem”.

Ele foi apresentado na sede das delegacias especializadas, onde a Polícia Civil elaborou o flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, posse irregular de armas de fogo e usura.

Além disso, a Polícia Civil representou à Justiça pela decretação da prisão preventiva do envolvido.

O autuado permaneceu preso à disposição da Justiça.