10 de setembro de 2019 - Fonte: Croeste - Fotógrafo: Assessoria Croeste

ASP’s do novo CDP I de Pacaembu interceptaram a visitante no momento da revista no setor de portaria 

Nos dias 07 e 08 de Setembro, estabelecimentos prisionais subordinados a Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste) registraram tentativas frustradas de inserção de objetos ilícitos nos presídios e que foram barrados durante os procedimentos de revista.

Vale lembrar que os visitantes flagrados são excluídos do rol de visitas e levados à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, sem prejuízo de responderem na esfera criminal.


Também é instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os materiais podendo, ainda, ser instaurados Procedimentos de Apuração Preliminar para apurar supostas responsabilidades funcionais.

SÁBADO (07.09.2019)
PENITENCIÁRIA “LINDOLFO TERÇARIOL FILHO” DE MIRANDÓPOLIS II
Durante procedimento de revista no aparelho de raios X, foi detectado algo irregular nos pertences da companheira de um sentenciado. Após a revista manual, encontraram com a mulher 01 (um) celular da marca Samsung dentro de uma sacola com roupas de criança. Sendo assim, foram tomadas as devidas providências e a mulher suspensa do rol de visitas.

PENITENCIÁRIA “MAURÍCIO HENRIQUE GUIMARÃES PEREIRA” DE PRESIDENTE VENCESLAU II
Ao ser submetida à passagem pelo Scanner Corporal, a companheira de um sentenciado foi detectada com um objeto estranho na região da genitália. Questionada, a visitante admitiu estar portando algo de irregular, retirando voluntariamente de sua genitália um invólucro contendo certa quantidade de erva esverdeada aparentando ser o entorpecente“maconha” e uma pedra amarelada, com as características do entorpecente conhecido como “crack”. Mediante os fatos, a visitante foi conduzida e apresentada ao Plantão Policial para as providências necessárias.

PENITENCIÁRIA “SILVIO YOSHIHIKO HINOHARA” DE PRESIDENTE BERNARDES
No último sábado, duas visitantes do sexo feminino foram surpreendidas tentando entrar com objetos proibidos na Penitenciária “Silvio Yoshihiko Hinohara” de Presidente Bernardes. Durante o procedimento de revista através do Scanner Corporal, as mesmas foram surpreendidas com 01 (um) aparelho de telefonia celular cada, ocultos em suas genitálias. Em ambos os casos, as visitantes foram conduzidas à Delegacia de Polícia local, onde foram lavrados os respectivos Boletins de Ocorrência. Foram ainda instaurados Procedimentos Disciplinares para apurar a cumplicidade dos sentenciados que receberiam os celulares.

PENITENCIÁRIA “JOÃO AUGUSTINHO PANUCCI” DE MARABÁ PAULISTA
A companheira de um sentenciado foi surpreendida, durante passagem pelo Scanner Corporal, portanto 01 (um) mini aparelho de telefonia celular oculto em sua genitália. Logo após, a visitante foi questionada se portava mais algum material ilícito, admitindo possuir mais 02 aparelhos celulares na pensão onde estava hospedada, os quais também tentaria introduzir na unidade prisional. Diante do fato, a Polícia Militar foi acionada e a visitante conduzida até a pensão, onde foram encontrados 02 celulares. Em seguida, a mulher foi encaminhada à Delegacia de Polícia para as providências cabíveis.

CENTRO DE DETENÇÃO PROVISÓRIA DE PACAEMBÚ I
Anotações de números de telefones foram encontradas na barra da calça da companheira de um sentenciado no Centro de Detenção Provisória I de Pacaembu, durante os procedimentos de revista no setor de portaria, sendo a mulher foi proibida de adentrar a unidade para proceder à visitação. Diante da apreensão, foi instaurado procedimento administrativo para apurar a conduta da visitante e o envolvimento do sentenciado, que foi encaminhado ao pavilhão disciplinar em isolamento preventivo.

PENITENCIÁRIA DE IRAPURU
Durante os procedimentos para entrada de visitantes na unidade, ao submeter a companheira de um sentenciado ao aparelho de Scanner Corporal foi constatado que havia algum objeto suspeito em sua genitália. A visitante se dirigiu até o banheiro feminino acompanhada por duas Agentes de Segurança, retirando de seu órgão genital 01 (um) aparelho de telefonia celular. O material foi apreendido e o sentenciado conduzido preventivamente ao Pavilhão Disciplinar, sendo instaurado Procedimento Disciplinar e Apuração Preliminar para apuração dos fatos.

DOMINGO (08.09.2019)
PENITENCIÁRIA “PAULO GUIMARÃES” DE LAVÍNIA III
No último domingo, duas visitantes foram surpreendidas tentando adentrar a Unidade portando objetos ilícitos. No primeiro caso, a companheira de um sentenciado tentava ingressar no ambiente carcerário com 01 (um) aparelho de telefonia celular de cor dourada. A apreensão se deu durante a revista manual do “jumbo” (alimentos e produtos de higiene) que a visitante trazia. O aparelho celular estava camuflado no interior de um pão de forma e acondicionado em um invólucro confeccionado com papel carbono, grafite e fita de alta fusão. No segundo caso, a visitante tentava ingressar no ambiente carcerário com 01 (um) mini aparelho telefônico celular. A apreensão ocorreu durante a inspeção através do Scanner Corporal, que apontou a irregularidade. O objeto estava acondicionado num invólucro confeccionado com fita de alta fusão, papel carbono e grafite em pó, e introduzido na genitália da mulher. Em ambos os casos, foram adotadas as providências necessárias.

PENITENCIÁRIA “LUÍS APARECIDO FERNANDES” DE LAVÍNIA II
Ao ser submetida à revista de imagem através do Scanner Corporal, a irmã de um sentenciado foi surpreendida trazendo algo suspeito. Ao ser indagada, retirou e entregou voluntariamente um invólucro contendo 01 (um) micro aparelho celular. No mesmo dia, outra visitante, cadastrada como mãe de um sentenciado, foi surpreendida através do aparelho de raios X com 01 (um) invólucro em meio a pedaços de bolo, que estavam dentro de uma vasilha plástica transparente, contendo 02 (duas) placas de aparelho celular. Em ambos os casos foram lavrados os Comunicados de Evento, os sentenciados isolados preventivamente e instaurados Procedimentos Disciplinares para melhor apuração dos fatos. As visitantes foram apresentadas, juntamente com os materiais apreendidos, perante a Autoridade Policial para as providências da Polícia Judiciária, sendo ainda confeccionados expedientes de suspensão das visitantes, nos termos da Resolução SAP-144/2010.

PENITENCIARIA DE IRAPURU
Através de revista realizada pelo Scanner Corporal, as companheiras de dois sentenciados foram surpreendidas com ilícitos no órgão genital. Após confessarem, as visitantes concordaram em retirar os objetos do corpo no banheiro feminino, acompanhadas por duas Agentes de Segurança. Cada qual entregou um invólucro contendo 01 (um) aparelho de telefonia celular (placa, teclado e carcaça externa sem bateria). Diante dos fatos, os materiais foram apreendidos, os sentenciados envolvidos conduzidos preventivamente ao Pavilhão Disciplinar, bem como instaurado Procedimento Disciplinar e Apuração Preliminar para apuração dos fatos. As mulheres foram ainda suspensas do rol de visitas.

Assessoria Croeste