05 de novembro de 2019 - Fonte: Portal Regional - Fotógrafo: Marcos Maia
Maria Dias, gestora do Cejusc local
Maria Dias, gestora do Cejusc informa que o objetivo é que sejam promovidas políticas públicas para que a cultura da paz seja mais divulgada

O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), de Dracena participa esta semana da 14ª Semana Nacional de Conciliação, iniciada ontem, 4,  e que será concluída na sexta-feira, dia 8, em todo o País.

A campanha em prol da conciliação, realizada anualmente pelo Conselho Nacional de Justiça desde 2006, envolve os Tribunais de Justiça, Tribunais do Trabalho e Tribunais Federais.

Maria Dias, gestora do Cejusc na cidade concedeu entrevista a apresentadora Cris Marques, do Jornal da Liberal FM ontem à tarde. Ela ressaltou que o objetivo é que sejam promovidas políticas públicas para que a cultura da paz seja mais divulgada.

Disse que trabalha para movimentar os cartórios, as varas judiciais, juizado especial e o Cejusc para que promova no máximo possível, audiências durante essa semana. “Nesta semana em especial, o Tribunal de Justiça fala para nos dedicarmos mais aos casos mais graves, aqueles que estejam há muito tempo pendentes na Justiça, visando a resolução da questão”, explicou Maria Dias.

Pontuou que o Cejusc irá atender questões relacionadas ao direito de família, crimes de menor potencial ofensivo, entre outros. Também acontecerão oficinas com palestras oferecidas antes de audiências de divórcio, alimentos, guarda e conscientização quanto ao comportamento dos pais.

Segundo Maria Dias, em Dracena, o Cejusc nos dias normais tem uma pauta de 25 audiências e quando promovidos mutirões o número é bem maior.

Maria Dias informou ainda que na semana passada, o Cejusc fez cerca de 100 audiências de conciliação com a CDHU, onde pessoas que estavam perdendo suas casas conseguiram fazer renegociações e pelo menos 50% delas saíram felizes com os acordos feitos e a situação resolvida. “Isso é resultado de um trabalho social”, resumiu a gestora do Cejusc.

Interessados devem procurar o posto do Cejusc nas dependências do Centro Dracenense de Atendimento ao Cidadão (Cedrac).

Portal Regional