09 de dezembro de 2015 - Fonte: Nelson Sheep - Fotógrafo: Divulgação

O HIV é o vírus que causa a doença AIDS. Embora o HIV cause AIDS, uma pessoa pode ser infectada pelo vírus HIV por muitos anos antes que desenvolva AIDS.

Quando o HIV entra no corpo, ele infecta células do sistema imunológico. Essas células são chamadas CD4. Elas são parte importante do sistema imunológico e ajudam o corpo a lutar contra infecções e doenças. Quando essas células não funcionam bem, a pessoa tem maior probabilidade de ficar doente.

Geralmente a contagem de células CD4 em alguém com o sistema imunológico saudável varia de 500 a 1.800 por milímetro cúbico de sangue. AIDS é diagnosticada quando a contagem de células CD4 fica abaixo de 200. Mesmo que a contagem for acima de 200, AIDS pode ser diagnosticada se o paciente tem HIV e certas doenças como tuberculose.

Há vários estágios de infecção pelo HIV que o paciente passa antes da AIDS se desenvolver.

Infecção – O primeiro estágio é logo depois da pessoa ser infectada. O HIV pode infectar células e se copiar antes do sistema imunológico começar a responder. A pessoa pode sentir sintomas similares à gripe nesse período.

Reposta – O próximo estágio é quando o corpo responde ao vírus HIV. Mesmo que a pessoa não sinta qualquer diferença, o corpo está tentando combater o vírus fazendo anticorpos contra ele. É nesse estágio que a pessoa pode ser diagnosticada como HIV positiva.

Estágio sem sintomas – A pessoa pode entrar nesse estágio no qual não apresenta sintoma. Isso é chamado infecção assintomática. O HIV está no corpo e pode está causando danos que a pessoa não sente.

Estágio com sintomas – A infecção sintomática é quando a pessoa desenvolve sintomas, como certas infecções.

AIDS – A AIDS é diagnosticada quando o paciente tem uma variedade de sintomas, infecções e resultados específicos de testes.

Nelson Sheep